24 de junho de 2009

Homenagem a Jeff Beck: um dos guitarristas mais geniais do rock

Jeff BeckTodas as honras de hoje vão para o fenomenal guitarrista Geoffrey Arnold 'Jeff' Beck, que ajudou a construir a história do rock, com um estilo variado de tocar, que vai do blues-rock ao rock pesado e daí ao jazz-fusion e hoje se configura como uma mistura de rock e música eletrônica. A maior parte do seu material gravado como artista solo é instrumental.

O talento de Jeff Beck lhe rendeu uma excelente visão dos críticos e opinião pública e também o respeito da comunidade musical. É detentor de quatro Grammys de melhor performance instrumental e dois de seus álbuns alcançaram sucesso estrondoso nos anos 70. Muito tardiamente (na minha opinião), em 2009 foi indicado para a Galeria da Fama do Rock and Roll, pelo amigo e admirador, Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, com quem já havia dividido o palco quando foi substituir Eric Clapton nos Yardbirds, que havia partido para brilhar nos Bluesbrakers de John Mayall.

Para homenagear este verdadeiro fenômeno da guitarra, selecionei três vídeos sensacionais:

- O primeiro é extraído do filme "Blow-Up" (Depois Daquele Beijo, no Brasil)" de Michelangelo Antonioni, rodado em 1966. Na antológica cena, o protagonista, interpretado por David Hammings, entra na sala onde os Yardbirds - com Page e Beck - tocam 'Stroll On'. Sensacional

- O segundo vídeo, é do trio de rock pesado Beck, Bogert & Appice, que interpreta "Superstition", de Stevie Wonder. Historinha: Stevie fez a música para sua mulher Sareeta gravar, mas o disco não chegou a ser lançado. Ele havia prometido a música inédita para Beck mas, por imposição dos produtores, foi persuadido a gravar primeiro. Para reparar esse "furo" com o amigo, ele ofereceu a Beck uma das músicas instrumentais mais lindas que conheço: "Cause We've Ended As Lovers", que publico como o terceiro vídeo. Mesmo assim, Beck gravou Superstition com Bogert e Appice.

Site oficial do Jeff Beck

Jeff Beck e Eric Clapton com os Yardbirds - Train Kept A Rollin'



Beck, Bogert & Appice - Superstition
Jeff Beck: Guitarra, Tim Bogert: Baixo e Carmine Appice: Bateria



Jeff Beck - Cause We've Ended as Lovers



4 comentários:

  1. Nas minhas pesquisas por assuntos para o blog de violão li entrevistas de John McLaughlin falando sobre os músicos com quem ele já tocou. E entre esses dá especial destaque para Jeff Beck, um dos melhores guitarristas de rock em sua opinião. Infelizmente não guardei o link mas fiquei curioso. Não se espante - muitos desses roqueiros estou conhecendo agora. Meu caso sempre foi violão clássico ou jazz.

    Mas eu não sabia muito bem o que procurar, então selecionado por quem entende é outra coisa. proporcionando uma audição dessa linda peça, Cause We've Ended as Lovers, com direito a muitos replays

    ResponderExcluir
  2. Oi Lailo, o John McLaughlin é outro "monstro" sagrado das seis cordas. Os discos do Jeff que sugiro são: Blow by Blow (1975), essencial, Wired (1976) e Jeff Beck With the Jan Hammer Group Live (1977). De lá pra cá, acho que você vai gostar de todos! A "Cause we ended as lovers" foi um presentão com a assinatura do excelente Stevie Wonder.
    Obrigado pelo comentário, um forte abraço e muita saúde!

    ResponderExcluir
  3. Grande post, grande Jeff Beck, adoro especialmente esse classico magistral
    "Cause We've Ended as Lovers" excelente versão, por certo recentemente postei um video em um post onde falava sobre Tal Wilkenfeld , com a qual tocou em uma turnê pela europa e no crossroad festival.Jeff Beck merece muitas homenagens, sem duvida nenhuma um dos maiores monstros da guitarra.

    ResponderExcluir
  4. Prezado Fernando, Jeff Beck é um músico diferenciado e ajudou a escrever alguns dos melhores capítulos da história do rock. Sem dúvida a Tal toca muito, apesar da pouca idade. Obrigado pelo comentário, saúde e paz!

    ResponderExcluir

Rock and Roll Everybody! Scubi, o Lobo do Rock agradece a sua visita! Considere a possibilidade de assinar o feed ou receber as postagens por e-mail, mas volte sempre!